Soulja Boy é acusado de espancar e amarrar mulher em processo judicial

Talvez você goste:

Soulja Boy passou por uma situação complicada por ter tido que cumprir três meses de prisão no ano passado, e em setembro de 2019 seu gerente Miami Mike compartilhou que Soulja Boy estaria ficando saudável e sem problemas. Mais tarde foi anunciado que o rapper se juntaria a Millennium Tour II.

- Publicidade -

Enquanto tudo parece estar sob controle, uma mulher entrou com uma ação judicial, que de acordo com o The Blast, a suposta mulher alegou que o rapper bateu violentamente em sua cabeça, antes dela ser agredida sexualmente por outra pessoa dentro de sua casa. A fonte afirma que eles adquiriram os documentos legais que detalham o relato da mulher, que supostamente aconteceu na casa de Soulja em Los Angeles.

Dizem que o incidente aconteceu em fevereiro de 2019, um mês antes do rapper ser preso por violar sua liberdade condicional. A mulher afirma que ela e Soulja Boy se conhecem há quase quatro anos, tendo diversas relações amorosas. Em fevereiro, a mulher diz que entrou em uma briga física com uma mulher que trabalha para Soulja. O rapper saiu quando percebeu que havia uma briga e ”se aproximou gritando palavrões, batendo e chutando sua cabeça, dando golpes no estômago e dando um golpe com uma arma na cabeça”.

- Publicidade -

Os documentos acrescentam que ele ”segurou a arma na cabeça dela e disse que ela morreria naquela noite e não chegaria em casa”. A suposta vítima afirma que ela estava tão machucada que teve dificuldade em respirar”. Se as coisas já eram bizarras o suficiente, a mulher afirma que Soulja Boy ordenou que ela tomasse banho e a observasse durante o banho. Ele alegadamente ”não estava feliz com a forma que ela tomava banho e pediu que ela tomasse outro banho, porque ela ainda tinha lama e sujeira desde quando (o rapper) a espancou na entrada da garagem”.

A história da outra reviravolta quando a suposta vítima diz que Soulja Boy ”instruiu seu assistente para levá-la a garagem e amarrá-la com fita adesiva”. Então o assistente aparentemente enrolou uma extensão em volta dos braços e a levou para garagem.
As pessoas entraram e passaram pela casa por horas e a observaram sentada diante daquelas condições.

Um homem no local disse à suposta vítima ”que ele deixaria ela ir embora se ela fizesse sexo oral nele” e ela sentiu que não tinha outra escolha a não ser fazer, e a moça afirma que foi libertada na manhã seguinte as 8 horas da manhã, e foi registrar um boletim de ocorrência antes de ser levada ao hospital, onde lhe disseram que tinha três costelas fraturadas e uma contusão facial.

O valor do processo e a identidade da moça não foi revelada, mas ela está processando o rapper por agressão, cárcere privado e violência sexual.

- Publicidade -
[js-disqus]

Ultimas notíciais

Manchester United processa SEGA por usar seu nome em ‘Football Manager’

O Manchester United iniciou um processo judicial contra a empresa japonesa de videogames SEGA pelo uso não licenciado de...

Final Fantasy XIV está disponível para download gratuito mas é somente até hoje

Depois de lançar uma demo para o Final Fantasy VII Remake no início deste ano, a Square Enix anunciou que seu multiplayer online de...

Sony está disponibilizado “Call of Duty: WWII” gratuitamente para download

A Sony anunciou que disponibilizará "Call of Duty: WWII" gratuito para os usuários do PlayStation Plus em junho. A Sony normalmente atualiza seus jogos...

Terceira temporada de Dark estreia em 27 de junho

Nesta terça-feira (26) a Netflix anunciou que a terceira temporada de Dark chegará ao serviço de streaming em 27 de junho. E você pode...

Netflix divulga o trailer da 4ª temporada de “Os Treze Porquês”

Tudo o que começou na escola Liberty com o suicídio de Hannah Baker tomou caminhos que ninguém jamais pudesse imaginar. Desde a morte de Hannah...

Leia também: