Soulja Boy é acusado de espancar e amarrar mulher em processo judicial

Must Read

Soulja Boy passou por uma situação complicada por ter tido que cumprir três meses de prisão no ano passado, e em setembro de 2019 seu gerente Miami Mike compartilhou que Soulja Boy estaria ficando saudável e sem problemas. Mais tarde foi anunciado que o rapper se juntaria a Millennium Tour II.

- Publicidade -

Enquanto tudo parece estar sob controle, uma mulher entrou com uma ação judicial, que de acordo com o The Blast, a suposta mulher alegou que o rapper bateu violentamente em sua cabeça, antes dela ser agredida sexualmente por outra pessoa dentro de sua casa. A fonte afirma que eles adquiriram os documentos legais que detalham o relato da mulher, que supostamente aconteceu na casa de Soulja em Los Angeles.

Dizem que o incidente aconteceu em fevereiro de 2019, um mês antes do rapper ser preso por violar sua liberdade condicional. A mulher afirma que ela e Soulja Boy se conhecem há quase quatro anos, tendo diversas relações amorosas. Em fevereiro, a mulher diz que entrou em uma briga física com uma mulher que trabalha para Soulja. O rapper saiu quando percebeu que havia uma briga e ”se aproximou gritando palavrões, batendo e chutando sua cabeça, dando golpes no estômago e dando um golpe com uma arma na cabeça”.

- Publicidade -

Os documentos acrescentam que ele ”segurou a arma na cabeça dela e disse que ela morreria naquela noite e não chegaria em casa”. A suposta vítima afirma que ela estava tão machucada que teve dificuldade em respirar”. Se as coisas já eram bizarras o suficiente, a mulher afirma que Soulja Boy ordenou que ela tomasse banho e a observasse durante o banho. Ele alegadamente ”não estava feliz com a forma que ela tomava banho e pediu que ela tomasse outro banho, porque ela ainda tinha lama e sujeira desde quando (o rapper) a espancou na entrada da garagem”.

A história da outra reviravolta quando a suposta vítima diz que Soulja Boy ”instruiu seu assistente para levá-la a garagem e amarrá-la com fita adesiva”. Então o assistente aparentemente enrolou uma extensão em volta dos braços e a levou para garagem.
As pessoas entraram e passaram pela casa por horas e a observaram sentada diante daquelas condições.

Um homem no local disse à suposta vítima ”que ele deixaria ela ir embora se ela fizesse sexo oral nele” e ela sentiu que não tinha outra escolha a não ser fazer, e a moça afirma que foi libertada na manhã seguinte as 8 horas da manhã, e foi registrar um boletim de ocorrência antes de ser levada ao hospital, onde lhe disseram que tinha três costelas fraturadas e uma contusão facial.

O valor do processo e a identidade da moça não foi revelada, mas ela está processando o rapper por agressão, cárcere privado e violência sexual.

- Publicidade -

Ultimas notíciais

Assista ao novo trailer de “Charm City Kings” com Meek Mill interpretando um ex-presidiario

Depois de dar nossa primeira olhada no mês passado, a Sony Pictures compartilhou o trailer completo de Charm City...

Air Jordan 5 Low se transforma em um sapato de golfe

A Jordan Brand adicionou outro modelo à sua crescente linha de calçados para golfe: o Air Jordan 5 Low “Fire Red”. O Jumpman vem...

Nicolas Cage fala sobre seu próximo papel como ele mesmo em “The Unbearable Weight of Massive Talent”

Nicolas Cage interpretou uma grande variedade de personagens ao longo de seus 40 anos de carreira. Ele retratou todo mundo, desde um caçador de...

KYLE, K Camp e Rich The Kid lançam o single ”YES!”

Após um 2019 relativamente calmo, KYLE está de volta com Rich the Kid e K Camp para "YES!", Seu energético novo single. Produzido por Drums,...

Birdman diz que NBA YoungBoy será um dos maiores artistas de todos os tempos

Birdman trabalhou com alguns dos maiores nomes de todos os tempos e certamente tem um bom ouvido para o que estará em alta nos...

Leia também: