Kanye West fala de lutas passadas com álcool

Kanye West diz que é a prova viva de que Deus às vezes é quem dá a última palavra.

Talvez você goste:

Simony Maiahttps://www.thehypestuff.com/
Estudante de jornalismo. Apaixonada pela cultura urbana e fotografia.

O artista falou sobre seu renovado compromisso com Cristo durante sua aparição sábado, no Awaken 2020, o grande evento evangélico de oração em Tempe, Arizona. Depois de fazer uma apresentação de “Jesus Walks” com o coral do culto de domingo, Ye disse à multidão que se considerava um cavalo de Tróia para Deus – um homem que ganhou destaque ao trabalhar para o diabo, mas que continuaria a usar sua fama espalhar o evangelho de Jesus.

“Eles sempre dizem que o diabo tenta enganar as pessoas, mas é como se Deus estivesse dando a última palavra”, disse ele. “Comecei com essa música e, durante todo esse tempo, o diabo pensou que ele me tivesse. Esse é um cavalo de Tróia, se eu já vi um.”

Kanye continuou: “Ele trouxe de volta minha clareza. Foi aí que eu encontrei a verdade. Veja, eu estive no hospital psiquiátrico e voltei, trabalhando para o diabo. Eles não achavam que eu iria sair. Eles me disseram: “Há algo errado com a cabeça dele. Portanto, sua carreira está morta.” Mas Jesus salva. Não importa quanto tempo você esteja ausente, não importa quanto tempo esteja no escuro, a luz está ali, pronta para salvar – para lhe dar confiança. ”

- Publicidade -

Ele então abordou suas lutas passadas com o consumo de álcool, fazendo uma breve referência ao infame incidente do VMA de 2009 com Taylor Swift.

“Eu nunca pensei sobre o efeito que o álcool poderia ter causado na minha vida. Eu estava bebendo no tapete vermelho e subindo ao palco alguns minutos depois”, lembrou. “E todo mundo ao redor disse: ‘Nah, ele não é realmente nenhum alcoólatra.’ E então você chega ao ponto em que bebe Grey Goose e suco de laranja no café da manhã, pensando: ‘Nah, eu não sou realmente alcoólatra’. ”

Kanye tem sido bastante sincero sobre seus vícios anteriores em pornografia e opioides, mas raramente aborda esse vício em particular. No final de 2018, ele compartilhou um tweet sobre suas tentativas fracassadas de abandonar o álcool, sugerindo que era algo que ele enfrentava há muito tempo.

Então, quando Ye finalmente decidiu parar de beber? Ele disse que aconteceu uma tarde enquanto ele estava trabalhando.

“Havia um pouco de vodka na geladeira do meu escritório, e às vezes eu apenas tomava um drinque no meio do dia e estava caminhando em direção à área da cozinha. Parei e disse: ‘Diabo, você não vai me vencer hoje'”, lembrou. “E é algo que enfrentamos, dia após dia. Todo dia que eu não pego essa bebida, eu bato no diabo.”

- Publicidade -

Ultimas notíciais

Dfideliz lança diss para Spinardi em “Mlks de SP” novo single da Recayd Mob e obtém resposta

Na última quinta-feira (4) a Recayd Mob lançou o single "Mlks de SP" acompanhado de um videoclipe, a faixa...

Análise: Por que Kendrick Lamar não está se pronunciando sobre os protestos nos EUA?

Recentemente com o avanço dos protestos contra a repressão policial e direitos dos negros nos Estados Unidos, algumas pessoas têm cobrado um pronunciando de...

Recayd Mob lança o clipe de ”Mlks de SP”

A Recayd Mob volta com os lançamentos e disponibilizam o single que vem acompanhado de um clipe, ''Mlks de SP''. Na quarta-feira (03) eles mostraram...

Leia também: