Normani quebra silêncio sobre o passado racista de Camilla Cabello

Talvez você goste:

Simony Maiahttps://www.thehypestuff.com/
Estudante de jornalismo. Apaixonada pela cultura urbana e fotografia.

Normani resolveu falar sobre as postagens racistas no Tumblr de Camila Cabello, ex-colega de grupo do Fifth Harmony, e tweets que ressurgiram on-line, bem como o assédio moral que ela sofreu dos fãs do Fifth Harmony. Antes de ser uma artista solo e a caminho de se tornar a próxima garota pop It, Normani era uma das cinco membros do grupo feminino nascido no X Factor, Fifth Harmony. Entre suas colegas da Harmony estava Camila Cabello, que deixou o grupo em dezembro de 2016 pouco mais de um ano antes dos quatro membros restantes decidirem dissolver o grupo para sempre. Agora, Normani e Camila são sem dúvida as duas ex-estrelas do 5H mais conhecidas na indústria da música, mas isso não significa que tudo esteja bem entre elas.

- Publicidade -

Normani recentemente apareceu na capa da edição “Women Shaping The Future” da Rolling Stone ao lado de SZA e Megan Thee Stallion. Na reportagem de capa da estrela pop, ela foi questionada sobre os ataques racistas que sofreu dos fãs do Fifth Harmony quando o grupo ainda estava juntos, bem como o conhecido passado racista de Camila que foi trazido à luz recentemente.

- Publicidade -

“Eu lutei para falar sobre isso porque não queria que isso fizesse parte da minha narrativa, mas sou uma mulher negra, que faz parte de uma geração inteira que tem uma história semelhante”, disse Normani à Rolling Stone. “Enfrento ataques sem sentido diariamente, assim como o resto da minha comunidade.” No momento dos insultos, Camila fez pequenas tentativas de defender sua companheira de banda. “Quando Camila mais tarde foi criticada depois de postagens antigas do Tumblr e tweets dela, nas quais ela usava linguagem racista e depreciativa, ressurgiu no final do ano passado, reafirmou tudo para Normani.”

“Seria desonesto se eu dissesse que esse cenário em particular não me machucou”, disse Normani. “Foi devastador que isso viesse de um lugar que deveria ser um porto seguro e uma irmandade, porque eu sabia que, se fosse ao contrario, eu defenderia cada uma delas. Demorou dias para ela reconhecer com o que eu estava lidando com a internet e depois anos para ela assumir a responsabilidade pelos tweets ofensivos que surgiram recentemente. Se foi ou não a intenção dela, eu não sei.” Camila acabou se desculpando pela “linguagem horrível e ofensiva” que ela usava quando era mais jovem, afirmando que ela “nunca machucaria alguém intencionalmente” e “se arrepende do fundo do meu coração”.

- Publicidade -

Ultimas notíciais

ASICS lança três novos modelos tecnológicos

Sempre se esforçando para ajudar os atletas a melhorar e ultrapassar seus limites, a empresa japonesa de calçados ASICS...

Nike Kyrie 6 “Shutter Shades” relembra tendência dos anos 2000

O calçado Kyrie 6 já explorou o fascínio de Kyrie pela cultura egípcia antiga através dos estilos "Khepri" e "Golden Mummy" criados pela Concepts...

Tekashi 6ix9ine pode ser libertado da prisão ainda hoje

De acordo com o portal Hot New Hip Hop, é possível que Tekashi 6ix9ine possa ser libertado da prisão ainda hoje, como o juiz Paul...

Luka Doncic pede desculpas por compartilhar vídeo racista

A estrela do Dallas Mavericks, Luka Doncic, pediu desculpas depois de postar um vídeo em suas redes sociais que continha uma declaração racista contra...

Justin Bieber adia toda a turnê de 2020 devido ao coronavírus

Justin Bieber adiou oficialmente sua turnê de Changes em 2020 devido à pandemia de coronavírus. À medida que a disseminação do coronavírus nos EUA...

Leia também: